Select Page

O Governo vai optar por ‘recrutar’ investigadores que trabalham no estrangeiro e são membros de associações para serem adidos científicos a tempo parcial das embaixadas portuguesas, desistindo da contratação por concurso público, admitiu o ministro da Ciência.

“Para já não será por concurso público”, afirmou Manuel Heitor à Lusa, justificando a mudança com a necessidade de “redução de custos” e de um “modelo mais sustentável”.

O ministro da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior falava no final da sessão plenária sobre diplomacia científica que encerrou o primeiro dia do encontro Ciência 2018, que decorre até amanhã em Lisboa.

O primeiro adido científico poderá começar a trabalhar ainda este ano na embaixada portuguesa em Londres, no Reino Unido, adiantou Manuel Heitor.

Trata-se de um investigador que trabalha numa instituição científica na capital britânica e é membro da Associação Portuguesa de Estudantes e Investigadores no Reino Unido.

Um exemplo semelhante será adotado, sem data ainda definida, para a embaixada em Berlim, na Alemanha, e para o consulado em Boston, nos Estados Unidos, onde, assinalou o ministro, existem também associações de cientistas portugueses.

Em outubro de 2016, Manuel Heitor avançara à Lusa que o primeiro concurso para a colocação de conselheiros científicos nas missões diplomáticas de Portugal no estrangeiro seria lançado até ao final desse ano.

Na altura, o ministro referiu que o concurso se destinava a um máximo de cinco conselheiros, a colocar, em 2017, em embaixadas ou consulados instalados em cidades onde Portugal tem “uma maior cooperação científica”, como Boston, Londres, Paris (França) e Genebra (Suíça).

Em fevereiro deste ano, o titular da pasta da Ciência reconheceu à Lusa a demora no processo, afirmando que estava a ser estudada a forma de colaboração de jovens doutorados nas embaixadas portuguesas nos Estados Unidos, Alemanha e Brasil.

A colocação de investigadores-doutorados nas embaixadas portuguesas como conselheiros científicos é uma das medidas aprovadas pelo Governo em 2016 para a internacionalização da ciência.

Related Posts

New Order
Loading...
DIVULGAR SITE NA INTERNET
International Exhibitions
shemale transsex pornstar escort
Dentistry
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

This Website is Protect and Copyright ©

MDlabs Malicious url block
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
error: Alert: Content is protected !!

Livemocha
how to earn money online from home
cosmetic dentistry