O presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), José Pereira, considerou hoje de “inqualificável” as agressões de adeptos a jogadores e equipa técnica do Sporting, na Academia de Alcochete.

“É inqualificável, mas quem semeia ventos, colhe tempestades. Isto que se passou tem um pouco a ver com a falta de cultura desportiva que nós temos [em Portugal]”, afirmou o dirigente à agência Lusa.

Para José Pereira, é preciso “parar para pensar” de forma a ter “alguma paz” que permita o normal desenrolar das competições e encontrar soluções para um problema que está a “alastrar” no futebol português.

“Isto não é exclusivo de ninguém. O futebol português está infestado de mau trato, de falta de elegância das pessoas que dirigem os principais clubes”, afirmou, criticando também a “guerra comunicacional” entre os clubes.

José Pereira deixou ainda uma palavra a Jorge Jesus: “ele sabe bem que tem sempre o nosso apoio e que a ANTF está do lado dele”.

Durante a tarde de hoje, cerca de 50 indivíduos de cara tapada, alegadamente adeptos ‘leoninos’, invadiram a Academia e, depois de terem percorrido os relvados, chegaram ao balneário da equipa principal, agredindo vários jogadores, entre os quais Bas Dost, Acuña, Rui Patrício, William Carvalho, Battaglia e Misic, assim como o treinador Jorge Jesus.

Fonte da GNR confirmou à Lusa estar a proceder à “identificação presencial de indivíduos que presumivelmente estiveram envolvidos” na ocorrência, recusando confirmar se foram efetuadas detenções no local ou nas imediações.

A equipa principal do Sporting cumpria o primeiro treino da semana, depois da derrota no terreno do Marítimo (2-1), que relegou a equipa para o terceiro lugar da I Liga, iniciando a preparação para a final da Taça de Portugal, no domingo, frente ao Desportivo das Aves.

Após o encontro no Funchal, adeptos que acompanharam a equipa à Madeira manifestaram o seu desagrado junto do treinador e da equipa, chegando a registar-se tentativas de agressão a jogadores no aeroporto e insultos e protestos à chegada da comitiva a Lisboa e ao Estádio José Alvalade.

Na sequência destes acontecimentos, na segunda-feira, a SAD reuniu com a equipa técnica, os jogadores e os médicos, após as quais o presidente do clube, Bruno de Carvalho, negou que alguém tivesse sido suspenso no clube, contrariando as notícias que davam conta da suspensão e de um processo disciplinar a Jorge Jesus.

Loading...
DIVULGAR SITE NA INTERNET
International Exhibitions
shemale transsex pornstar escort
Dentistry
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

This Website is Protect and Copyright ©

MDlabs Malicious url block
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE