Select Page

De acordo com o NÓS, Cidadãos!, “no último dia da 1.ª fase do período reservado à realização dos Exames Nacionais, a secretaria regional da Educação, em consonância com a orientação do actual titular da pasta governativa, exercendo uma forma de ‘coacção’ para com os alunos, as famílias e os professores quanto ao seu futuro – decidiu duas extinções de escolas e várias outras fusões na Madeira e Porto Santo”.

“Segundo a Secretaria Regional da Educação, isto poderá trazer consequências como o encerramento efectivo de edifícios, mudança de nomenclaturas, redistribuição de alunos ou alterações na gestão. Ora, numa entrevista a um meio de comunicação regional este fim-de-semana, o Diretor Regional de Planeamento, Recursos e Infraestruturas, Gonçalo Nuno Araújo, não compreendendo as críticas e visões diferentes da sua (e do seu Secretário Regional) – a que chama de “histeria, precipitação e ignorância” – diz mais e insiste mesmo em revelar (e alinhar, melhor, delinear) um futuro “sombrio”, sem ânimo e sem qualquer projecto opcional para o Sistema Educativo Regional que não passe por aquilo que está a ser feito e que citamos da sua intervenção/comunicação: a consequência da redução demográfica será “continuar o processo” de redução e fusão de escolas que “deverá chegar às Secundárias, findando com duas no Funchal, uma a Leste e outra a Oeste”, melhor, “uma na Ribeira Brava e outra em Machico”, aponta numa nota de imprensa enviada à redacção.

No seu entender, “face a tudo isto, e à incapacidade do Secretário Regional da Educação (e mesmo o Governo Regional) de encontrar outro tipo de soluções que não seja somente uma política de extinções e fusões de escolas – quando deveria ter implementado outras medidas no passado – o partido NÓS, Cidadãos! constata que este membro do Governo (e a sua equipa) é já pouco hábil e frutífero em ideias/soluções alternativas, em estímulos que visem a inovação e uma renovação na forma de gerir as escolas (incluindo melhorar o “bem-estar” num local que é de criatividade, conhecimento, aprendizagens e de trabalho para alunos, pessoal docente e não docente)”.

Por outras palavras, para o NÓS, Cidadãos!, o Secretário Regional da Educação, Jorge Carvalho, por diversas e diferentes razões, “já não é capaz de implementar na sua Secretaria uma cultura organizacional “mais proactiva” e mais motivadora, que seja catalisadora do potencial de inovação e de diferenciação que existe nas diferentes escolas da Região”.

“É um governante que já pouco ou nada aposta na distinção, reconhecimento e valorização dos recursos humanos (alunos, pessoal docente e não docente), na diferenciação de ambientes de trabalho e de modelos de gestão que garantam a autonomia das escolas e dos seus Projectos Educativos”, refere a acrescenta: “Pior ainda! Para “NÓS, Cidadãos!”, o actual Secretário Regional da Educação, aquele que pouco ou nada investe na requalificação e modernização do parque e equipamentos escolares, que não cumpre a promessa de corrigir e reduzir as assimetrias e diferenças sociais entre as crianças/alunos, que não garante a gratuitidade dos manuais escolares para todos os alunos do primeiro ciclo na Região, que não conceberá novas vagas nos quadros das escolas após a aposentação de professores (cerca de 715 docentes que se reformarão na próxima década), que adia para 2019 e recuperação do tempo de serviço dos docentes, etc., é também já alguém que não é capaz de motivar as famílias que vivem agora numa instabilidade relativamente ao futuro, na medida em que não sabem o que vai acontecer – e já no próximo ano – à escola onde o seu filho está agora matriculado”.

Related Posts

New Order
Loading...
DIVULGAR SITE NA INTERNET
International Exhibitions
shemale transsex pornstar escort
Dentistry
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

This Website is Protect and Copyright ©

MDlabs Malicious url block
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
error: Alert: Content is protected !!

Livemocha
how to earn money online from home
cosmetic dentistry